loving you is a sin

"I will not die, I'll wait here for you. I feel alive, when you're beside me."

▪ Twitter: @drownintears_ e @louisuntitled

▪ Tags: dois porcos; louis; miih; textos; fotos; músicas; gifs; photosets.

Posts tagged text

"Eu te amo, você é única pessoa que já amei, e assim vai ser sempre, e sempre. Eu não quero mesmo que você desista de mim, mas se algum dia você desistisse, eu continuaria tentando."

Eu amo música, achei que era a coisa que eu mais amava, mas minha vida é mais importante e minha vida é você. Não achei que seria tão difícil assim pensar em te perder.

  • Ela: O que você acha da ideia de me amar incondicionalmente para sempre?
  • Ele: Não é mais uma ideia, já é meu objetivo de vida.
  • togetherforoureternity

“– A gente só conhece bem as coisas que cativou – disse a raposa. – (…) Se tu queres um amigo, cativa-me!

– Que é preciso fazer?  – perguntou o pequeno príncipe.

– É preciso ser paciente – respondeu a raposa. – Tu sentarás primeiro um pouco longe de mim, assim, na relva. Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, cada dia, te sentarás um pouco mais perto.

No dia seguinte o príncipe voltou.

– Teria sido melhor que voltasses à mesma hora – disse a raposa. – Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz! Quando mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar meu coração (…)”

— O Pequeno Príncipe

– Tu procuras galinhas?

– Não – disse o príncipe. – Eu procuro amigos. Que quer dizer ‘cativar’?

– É algo quase sempre esquecido – disse a raposa. – Significa ‘criar laços’…

– Criar laços?

– Exatamente – disse a raposa. – Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu também não tens necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos a necessidade um o outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo…

— O Pequeno Príncipe

“– Adeus… – disse ele.

– Adeus – disse a raposa. – Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.

— O Pequeno Príncipe

Por qual motivo eu poderia estar me sentindo mal, haveria uma razão talvez? Mas como? Eu tenho tudo de que preciso para ser feliz, para nunca mais tirar o sorriso do rosto, tenho você, que vai me aguentar apesar de eu ser uma pessoa insuportável você vai sempre estar aqui comigo. Então posso confessar que todos os momentos em que me sinto mal e fico quieto, estou pensando em qual razão poderia me deixar assim, sendo que eu tenho a melhor pessoa do mundo que nunca desistiu de mim e eu confio o bastante para saber que nunca desistirá. Me sinto mal por não enxergar isso na maioria das vezes, me desculpe por ser tão egoísta, me perdoe por às vezes te machucar sem motivo suficiente, porque eu sei que nenhum motivo é maior do que eu sinto por você, então peço desculpas. Irei sorrir até quando não houver um motivo explícito, irei sorrir porque… … Eu te amo, e vou te amar por toda nossa eternidade.

Por qual motivo eu poderia estar me sentindo mal, haveria uma razão talvez? Mas como? Eu tenho tudo de que preciso para ser feliz, para nunca mais tirar o sorriso do rosto, tenho você, que vai me aguentar apesar de eu ser uma pessoa insuportável você vai sempre estar aqui comigo. Então posso confessar que todos os momentos em que me sinto mal e fico quieto, estou pensando em qual razão poderia me deixar assim, sendo que eu tenho a melhor pessoa do mundo que nunca desistiu de mim e eu confio o bastante para saber que nunca desistirá. Me sinto mal por não enxergar isso na maioria das vezes, me desculpe por ser tão egoísta, me perdoe por às vezes te machucar sem motivo suficiente, porque eu sei que nenhum motivo é maior do que eu sinto por você, então peço desculpas.
 
Irei sorrir até quando não houver um motivo explícito, irei sorrir porque…
 
… Eu te amo, e vou te amar por toda nossa eternidade.

Vou comprar óleo de massagem, sorvete e doces, alugar um quarto com banheira e roubar você pra mim.

"Ele afagou meus cabelos tirando-os da testa.

 Mas por mais atraente que ela seja, é uma estranha para mim. Não é com ela que eu… me preocupo.

Isso fez com que eu me sentisse melhor, o que foi ainda mais desconcertante.

 Ian, você não… ninguém aqui nos separa da maneira como devia separar. Você não separa, Jamie não separa, Jeb não separa.  A verdade saiu num jorro, mais exaltada do que eu queria que fosse.  Você não seria capaz de se preocupar comigo. Se pudesse me segurar nas mãos, a mim, você teria nojo. Você me jogaria no chão e me esmagaria com o pé.

Sua testa pálida encheu-se de sulcos quando as sobrancelhas se juntaram.

 Eu… não se eu soubesse que era você.

Eu ri sem humor.

 Como pode saber? Você não pode nos separar.

Ian fez um gesto de desalento.

 É apenas o corpo  repeti.

— Isso não é verdade de modo algum  discordou ele.  Não é o rosto, mas as expressões nele. Não é a voz, mas o que você diz. Não é sua aparência neste corpo, mas as coisas que você faz dentro dele. Você é bonita.

Ele avançou enquanto falava, ajoelhou-se ao lado da cama onde eu estava deitada e tomou minha mão entre as suas outras vez.

 Eu jamais conheci alguém como você.”

— A Hospedeira (Stephenie Meyer)